Remédios para Emagrecer: Os perigos que eles escondem

Confira agora os malefícios que os remédios para emagrecer podem causar no seu corpo! Nesse artigo, mostraremos o funcionamento desses remédios e para qual público são destinamos. Vamos lá?

Sabemos a quantidade de remédios para emagrecimento que circulam atualmente nas drogarias brasileiras. Eles são comercializados livremente e isso pode causar um grande mal dependendo de como vão ser utilizados e por quem serão consumidos.

É importante saber os malefícios para assim poder evita-los.

COMO OS REMÉDIOS PARA EMAGRECER FUNCIONAM?
Existem 3 tipos de remédios emagrecedores, os inibidores de apetite, inibidores de absorção de gorduras e os saciantes. Cada um tem sua particularidade nos detalhes de funcionamento, mas são bem parecidos no geral. Veja abaixo:

Inibidores de apetite

o inibidor de apetite funciona estimulando a produção de hormônios saciantes, que só são produzidos quando há ingestão de alimentos. Eles podem atuar também no metabolismo da gordura.

Inibidores de absorção de gorduras

Tem como objetivo dificultar a absorção de gorduras pelo nosso organismo, expulsando-a para fora do corpo em forma de urina, fezes e suor.

Saciantes

O funcionamento desse é bem simples. Ele propícia a maior produção de hormônios da saciedade, esses estímulos chegam ao cérebro fazendo com que o corpo entenda que não é  preciso absorver mais alimentos.

Dentre esses remédios, separamos os que são mais comercializados e que acabam tendo aquela fama de “milagrosos”. Confira abaixo

  • Anfepramona;
  • Mazindol;
  • Femproporex;
  • Xenical;
  • Sibutramina;
  • Rimonabanto.

Sim, é fato que mesmo o fabricante alertando que esses remédios tem efeitos colaterais, sabemos como é fácil comprar sibutramina por exemplo. Se você é uma dessas pessoas insistentes, veja abaixo os perigosos efeitos colaterais que eles possuem.

Efeitos colaterais dos remédios para emagrecer:

  • Taquicardia;
  • Sensação de boca seca;
  • Insônia;
  • Ansiedade;
  • Depressão;
  • Diarreia;
  • Anemia;
  • Prisão de ventre;
  • Tontura;
  • Enjoou.

Lembrando que esses são os efeitos que o remédio naturalmente já causa em seus usuários. Em casos onde a pessoa  não necessita dessas substâncias, os efeitos podem multiplicar, resultado, até mesmo, em mais ganho de peso.

Por conta disso, vale se precaver e sempre consultar um médico antes de qualquer atitude drástica, porque talvez, o  que seria apenas uma dificuldade do metabolismo, acabe por se tornar uma complicação em sua saúde.

Mas como emagrecer sem os remédios?
Medicamentos emagrecedores são indicados para pessoas com o IMC (Índice de Massa Corpórea) maior/igual à 30,5 ou naqueles casos de pessoas que tenham alguma doença relacionada à obesidade, como: Diabetes, hipertensão, gordura no fígado e afins.

Remédio para Emagrecer

Para pessoas que não tem esse perfil, o mais indicado é uma alimentação saudável e exercícios. Veja algumas alternativas para não precisar tomar esses venenos para a saúde:

Coma mais devagar

Isso faz com que seu corpo aceite melhor a comida e entenda que você está satisfeito mais rapidamente.

Pratique atividades físicas

Isso pode ser óbvio, mas muitos acreditam que apenas com dietas rápidas é possível perder grandes quantidades de peso. Mas na verdade, sem as práticas físicas é quase impossível emagrecer com saúde, já que essa é a única opção para regular os índices de colesterol e triglicerídeos do corpo.

Remédio para Emagrecer

NÃO ACREDITE NO PRIMEIRO MÉDICO

Se caso algum médico te receitar algum desses medicamentos e você não tiver histórico de doenças causadas pela obesidade, desconfie!

Remédio para Emagrecer

Provavelmente, seu perfil não é o ideal para esse tipo de receita. Procure outros médicos, isso não é vergonha nenhuma e pode impedir complicações futuras em sua saúde.

Remédio para Emagrecer

Espero que tenha esclarecido as dúvidas sobre os perigos do mau uso desses medicamentos.

Orientações

Muitas pessoas escolhem por utilizar remédios e buscam alívio para os sintomas causados. Sempre procure a orientação de um profissional da saúde antes de utilizar qualquer tipo de medicamento ou suplemento.

Quantas Estrelas Vale Este Artigo?

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 5,00 out of 5)

Loading...